Produtores e representantes públicos debatem Projeto de Lei sobre “Patrulha Rural”

Produtores e representantes públicos debatem Projeto de Lei sobre “Patrulha Rural”
08/09/2021

Dezenas de produtores, representantes de órgãos públicos e o deputado estadual Pedro Longo (PV) se reuniram na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Acre (FAEAC) no domingo, 5, para debater sobre o Projeto de Lei (PL) que pretende instituir a “Patrulha Rural” no estado. O encontro foi uma iniciativa dos trabalhadores e das entidades para formatar as ideias de instituir um organismo que combate crimes como roubos, invasão de propriedades, furto de animais e outros que assolam a área.

Além do membro da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), participaram do encontro integrantes da Secretaria de Produção e Agropecuária (Sepa), Acre 2050 e grupo Mercado do Boi. De acordo com o produtor Rodrigo Pires, um dos participantes do debate, o objetivo é mobilizar as forças da Segurança Pública para viabilizar um organismo específico voltado ao cuidado com as áreas rurais, atualmente desassistidas pelo Poder Público, para evitar os constantes crimes que prejudicam os trabalhadores.

“Foi uma reunião bastante produtiva, com o debate dos pontos mais alarmantes da realidade dura que os produtores rurais passam. Fazemos esse movimento para que o Projeto de Lei não seja engavetado na Aleac, queremos mobilizar todos os deputados estaduais para votação e aprovação do PL e membros do governo para instituí-lo como lei, a sanção do governador. É uma pauta muito importante e necessária. Com a Patrulha Rural, haverá mais segurança ao homem do campo”, declarou Pires.

De acordo com Márcio Saboia, que também é produtor rural, o instrumento é necessário e urgente. “Eu mesmo já fui assaltado na minha propriedade e tive um prejuízo de R$ 70 mil, que não foi e não será recuperado. Muitos outros também passam por isso mais de uma vez, principalmente os que não possuem recursos para aumentar a segurança. A Patrulha ajudará tanto a prevenir os crimes como a elucidá-los depois de cometidos. Abrirá oportunidade para as vítimas recuperarem os danos”, falou.

A ideia alcançará cerca de 30 mil produtores rurais em todo estado. Pedro Longo elogiou a iniciativa dos produtores rurais e salientou que o projeto deve ser construído com ampla participação, inclusive membros do Estado. “Isso fará com que o projeto seja bem construído e atenda as necessidades reais dos produtores. Esperamos que essa iniciativa seja concretizada a faça a diferença na vida dos homens do campo”. O próximo encontro, agendado para esta sexta-feira, 10, contará com o Comando-Geral da Polícia Militar.

Fonte: https://www.juruaemtempo.com.br/2021/09/produtores-e-representantes-publicos-debatem-projeto-de-lei-sobre-patrulha-rural/